15 49.0138 8.38624 1 0 4000 1 http://rastrearmeupedido.com 300 true 0

O que é segurança na Internet?

0 Comments

A segurança da Internet consiste em uma variedade de táticas de segurança para proteger atividades e transações realizadas online pela Internet. Essas táticas têm como objetivo proteger os usuários de ameaças como invasão de sistemas de computador, endereços de e-mail ou sites; software malicioso que pode infectar e danificar sistemas inerentemente; e roubo de identidade por hackers que roubam dados pessoais, como informações de contas bancárias e números de cartão de crédito. A segurança da Internet é um aspecto específico de conceitos mais amplos, como a segurança cibernética e a segurança do computador, com foco nas ameaças e vulnerabilidades específicas do acesso online e do uso da Internet.

No cenário digital de hoje, muitas de nossas atividades diárias dependem da Internet. Várias formas de comunicação, entretenimento e tarefas financeiras e de trabalho são realizadas online. Isso significa que toneladas de dados e informações confidenciais são constantemente compartilhados pela Internet. 

Tipos de ameaças à segurança da Internet

Embora a web apresente aos usuários muitas informações e serviços, ela também inclui vários riscos. Os ciberataques estão apenas aumentando em sofisticação e volume, com muitos cibercriminosos usando uma combinação de diferentes tipos de ataques para atingir um único objetivo. Embora a lista de ameaças potenciais seja extensa, aqui estão algumas das ameaças mais comuns à segurança da Internet:

Malware: abreviação de “software malicioso”, o malware vem em várias formas, incluindo vírus de computador, worms, cavalos de Tróia e spyware desonesto.

Worm de computador: um worm de computador é um programa de software que se copia de um computador para o outro. Não requer interação humana para criar essas cópias e pode se espalhar rapidamente e em grande volume.

Spam: Spam refere-se a mensagens indesejadas em sua caixa de entrada de e-mail. Em alguns casos, o spam pode simplesmente incluir lixo eletrônico que anuncia produtos ou serviços nos quais você não está interessado. Geralmente, eles são considerados inofensivos, mas alguns podem incluir links que instalarão software malicioso em seu computador, se clicados.

Phishing: os golpes de phishing são criados por cibercriminosos que tentam solicitar informações privadas ou confidenciais. Eles podem se passar por seu banco ou serviço da web e induzi-lo a clicar em links para verificar detalhes como informações de conta ou senhas.

Botnet: um botnet é uma rede de computadores privados que foram comprometidos. Infectados com software malicioso, esses computadores são controlados por um único usuário e geralmente são solicitados a se envolver em atividades nefastas, como o envio de mensagens de spam ou ataques de negação de serviço (DoS).

Escolhendo as táticas certas de segurança na Internet

A segurança da Internet requer uma combinação de vários produtos e tecnologias para proteger os dados de maneira adequada. É importante considerar vários tipos de estratégias de segurança na Internet ao tomar as medidas adequadas para ajudar a manter sua rede segura. Essas táticas podem incluir:

  • Seleção de navegador:  cada navegador tem suas próprias medidas de segurança, mas alguns podem ter falhas graves que permitem que hackers e cibercriminosos explorem e invadam. Certifique-se de que está usando um navegador seguro para reduzir o risco de comprometer seu computador ou rede.
  • Autenticação multifator (MFA):  MFA é um método de controle de acesso ao computador que exige várias evidências separadas para um mecanismo de autenticação. Sites e contas de e-mail podem se tornar mais seguros exigindo pelo menos dois fatores de autenticação por um usuário.
  • Segurança de email: o  email cria uma onda de oportunidades para vírus, worms, cavalos de Tróia e outros programas indesejados. Estabelecer uma estratégia de segurança de e-mail abrangente e em várias camadas ajudará a reduzir significativamente a exposição a ameaças emergentes. As mensagens de e-mail também podem ser protegidas usando criptografia, como assinar um e-mail, criptografar o corpo de uma mensagem de e-mail e criptografar a comunicação entre servidores de e-mail.
  • Firewalls: os  firewalls atuam como filtros que protegem os dispositivos, permitindo ou negando o acesso a uma rede. Ao aplicar um conjunto específico de regras para identificar se algo é seguro ou prejudicial, os firewalls podem evitar que informações confidenciais sejam roubadas e impedir que códigos malévolos sejam incorporados às redes.
Previous Post
Como as compras online nasceram, 20 anos atrás
Next Post
O Airbnb é uma opção confiável ao viajar para o exterior?

0 Comments

Leave a Reply

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.